Morashá

Curiosidades


A Rainha Esther, a heroína da festa de Purim, tinha um outro nome: Hadassah. Este nome é frequentemente adotado por hospitais e organizações judaicas, principalmente quando lideradas por mulheres. Entre todas as mulheres do Império Persa a mais bonita era Esther, uma judia.


Na língua hebraica, "Shalom" pode significar "Olá", "Até logo" e "Paz". A raiz dessa palavra hebraica significa estar completo, íntegro e contente. Ensinam os nossos Sábios que quando uma pessoa é íntegra e equilibrada, física e espiritualmente, ela alcança paz em sua vida.


Israel é o único país do mundo que, na entrada do século 21, teve um aumento no seu número de árvores, tendo plantado mais delas do que derrubado.


No judaísmo, é proibido comer carne e leite juntos. Mas o leite de uma mãe que amamenta seu bebê é parve – não é considerado nem leite, nem carne. Uma explicação para isso é que o leite materno é considerado sagrado pelo judaísmo e não pode ser comparado com o leite de um animal.


A Anti-Defamation League, fundada em 1913, é uma importante e renomada organização mundial que luta contra o anti-semitismo. Os programas e atividades da Anti-Defamation League têm o propósito de combater o ódio e o preconceito.


O Rabi Eliyahu de Vilna, conhecido como o Gaon (Gênio) de Vilna, evitava dormir, pois quanto mais tempo dormisse, menos tempo teria para estudar a Torá. Quantas horas de sono ele se permitia por noite? Apenas duas!


Em 1945, a Alemanha Oriental negou qualquer tipo de responsabilidade nacional pelo Holocausto e se recusou a oferecer reparações para sobreviventes judeus. Foi apenas em 1990 que a Alemanha Oriental admitiu culpa pelo Holocausto. Já a Alemanha Ocidental, a partir de 1951, concordou em compensar judeus pela perda de posses que eles sofreram durante a Segunda Guerra Mundial.


Numa época, Berlim, a capital da Alemanha, era a cidade europeia com o maior número de sinagogas. A organização “Kaiser Wilhelm Society for the Advancement of the Sciences” incluía muitos cientistas judeus; alguns deles – Albert Einstein, Richard Willstaetter e Fritz Haber -posteriormente ganharam o Prêmio Nobel. Mais de 20,000 judeus de Berlim lutaram pela Alemanha durante a Primeira Guerra Mundial e muitos deles morreram pelo país.