Morashá

Curiosidades


A Sucá é uma cabana onde os judeus habitam durante a festa de Sucot. Para que uma Sucá seja válida, ela precisa ter no mínimo três paredes. Algumas comunidades judaicas têm o costume de construir as Sucot com quatro paredes.


Shemini Atseret marca o início da temporada de chuvas em Israel. A reza por chuva – Tefilat Hageshem – é uma das principais rezas dessa festa judaica. Em Israel, Shemini Atseret e Simchat Torá são o mesmo feriado religioso. Fora de Israel, são duas datas distintas - dois dias de Yom Tov.


Nossos Sábios ensinam que, durante a festa de Sucot, algumas grandes almas visitam toda e qualquer Sucá. Quem são esses visitantes? São as almas de Avraham, Isaac e Jacob (os três patriarcas judeus), de Moisés e de seu irmão Aaron, de José (filho de Jacob) e do Rei David.


Sucot, chamada de Zman Simchatenu (a Época de nossa Alegria), é também denominada de Chag Ha’Asif – a Festa da Colheita, pois, em Israel, esta é a época da colheita anual. Em Sucot, o povo judeu agradece a D’us pela abundância e pelo sustento.


A Sucá é uma cabana onde os judeus habitam durante a festa de Sucot. Pode-se construir as paredes da Sucá com qualquer tipo de material? Sim – contanto que as paredes sejam fortes o suficiente para resistir às ventanias.


“Al Chet”, traduzido como “pelos pecados”, é uma das mais importantes rezas de Yom Kipur. Mas na língua hebraica, “chet” não significa “pecado”; significa “errar o alvo”. Em outras palavras, não nos consideramos pecadores, mas sim, pessoas que precisam acertar o alvo em nossas vidas.


Recomenda-se não beber café ou Coca-Cola nos dias antes de Yom Kipur. O café e muitos refrigerantes possuem cafeína. Pessoas que estão acostumadas a consumir cafeína em grandes quantidades podem sentir dores de cabeça devido à sua falta no Dia de Jejum.


Não é permitido se banhar em Yom Kipur. Não podemos nem mesmo imergir no mikvê, no banho ritual que ajuda a limpar a alma. A imersão no mikvê para homens é recomendada na tarde que antecede Yom Kipur.