Morashá

COMUNIDADES DA DIÁSPORA


Vida judaica na Escócia

Vida judaica na Escócia

Há referências históricas da presença judaica na Escócia no final do século 17, mas a primeira comunidade foi criada em Edimburgo, em 1816, e a segunda, em Glasgow, sete anos mais tarde. A população judaica foi crescendo no século 19 com a chegada de judeus vindos da Europa do Leste. Em meados do século 20, viviam no país cerca de 20 mil de nossos irmãos, mas hoje são cerca de seis mil.

Edição 96 - Junho de 2017

Os judeus de Curaçau

Os judeus de Curaçau

Na ilha de Curaçau, Mar do Caribe, judeus sefaraditas fundaram, em 1651, a congregação Mikvé Israel-Emanuel, que funciona até hoje e é a mais antiga das Américas.

Edição 95 - Março de 2017

Turquia: há um futuro para os judeus?

Turquia: há um futuro para os judeus?

A comunidade judaica da Turquia é uma das poucas ainda presentes em um país de maioria muçulmana. Desde a criação da República, na década de 1920, até hoje, o país tem passado por inúmeras mudanças que afetaram a vida dos judeus. A hostilidade e discriminação já existentes nas primeiras décadas da nação turca atingiram novos patamares com a subida ao poder do Partido Islâmico que governa atualmente a Turquia.

Edição 94 - Dezembro de 2016

Os judeus na Colômbia durante a 2ª Guerra Mundial

Os judeus na Colômbia durante a 2ª Guerra Mundial

Acompanhando uma linha antissemita adotada pela maioria dos países latino-americanos, a Colômbia consolidou uma política migratória restritiva para os judeus. Aqueles que ali estavam antes de eclodir a 2ª Guerra e aqueles que conseguiram escapar milagrosamente das garras do Nazismo, criaram instituições que ainda hoje existem no país.

Edição 92 - Julho de 2016

A Conturbada Vida Judaica na Espanha Cristã

A Conturbada Vida Judaica na Espanha Cristã

Os judeus de Sefarad viveram sob o domínio de reis cristãos desde o século 10 até serem expulsos, em 1492. Durante esses séculos, um grande número de comunidades, ricas e importantes, lá floresceram. Mas, à medida que crescia o poder da Igreja, a posição dos judeus se enfraquecia. Os pogroms de 1391 marcaram o fim de uma era de relativa tranquilidade. Eram o prenúncio do sofrimento que os aguardava...

Edição 90 - Dezembro de 2015

Judeus de Sefarad

Judeus de Sefarad

A saga dos judeus na Espanha acabou tragicamente em 1492, quando os Reis Católicos determinaram que nenhum deles poderia mais viver em seus domínios. Mais de 200 mil tiveram que decidir entre se converter ou deixar o país. Uma extraordinária civilização foi abruptamente desarraigada, mas não desapareceu, pois os judeus expulsos levaram seus conhecimentos, sua sabedoria e tradições para outras terras. 

Edição 89 - Setembro de 2015