Morashá

Veja nossas festas

 


Tishá b´Av

31 de Julho de 2017
1 de Agosto de 2017

Trabalho é permitido

Tishá b´Av – o nono dia do mês hebraico de Menachem Av – é o dia nacional de luto para o Povo Judeu. Nessa data, jejuamos durante mais de 24 horas e choramos a queda de Jerusalém e seu Templo Sagrado e os muitos outros episódios trágicos na História Judaica, vários dos quais ocorreram ou se iniciaram em Tishá b’Av.


Rosh Hashaná

20 de Setembro de 2017
22 de Setembro de 2017

Trabalho não é permitido

Rosh Hashaná, literalmente, a “cabeça do ano”, é o início de um novo ano. É a oportunidade de cada pessoa de começar sua vida de novo. Certamente, a cada dia – ou mesmo, a qualquer momento em nossa vida – podemos optar por tomar diferentes caminhos na vida – melhorar o que é preciso – mas Rosh Hashaná é o momento mais auspicioso do ano para fazê-lo. Trata-se de um novo começo. Um novo ano representa novas possibilidades.


Yom Kippur

Começa no pôr do sol, 29 de Setembro de 2017
30 de Setembro de 2017

Trabalho não é permitido

Yom Kipur, o dia do perdão, é o dia mais sagrado no calendário judaico. Trata-se de um dia de jejum, introspecção e autoanálise, durante o qual confessamos nossos pecados e oramos por um ano bom e doce.


Sucot

4 de Outubro de 2017
11 de Outubro de 2017

Trabalho não é permitido nos primeiros dois dias de sucot.

A festa de Sucot, celebrada durante sete dias, é primordialmente cumprida pelo atendimento a dois mandamentos: habitar em uma Sucá e sacudir as Quatro Espécies. 


Shemini Atseret

11 de Outubro de 2017
12 de Outubro de 2017

Trabalho não é permitido

Shemini Atseret, celebrado no  22o dia do mês judaico de Tishrei  – o dia depois da festa de sete dias de Sucot – é a festividade mais alegre do calendário judaico. 

Em Israel, as festas de Shemini Atseret e Simchat Torá são comemoradas no mesmo dia. Na Diáspora, Simchat Torá é comemorada no dia após Shemini Atseret.


Simchat Torá

12 de Outubro de 2017
13 de Outubro de 2017

Trabalho não é permitido

Em Simchat Torá, dançamos com alegria nas sinagogas com os Sefarim cobertos com suas ricas capas ou em suas belas caixas. É a celebração da conclusão do ciclo anual de leitura da Torá  e o início de um novo ciclo.


Chanucá

12 de Dezembro de 2017
20 de Dezembro de 2017

Trabalho é permitido

Ano após ano, à época de Chanucá, as luzes são acesas em todos os lares judaicos para celebrar os acontecimentos daqueles dias, com cânticos de louvor a D'us. assim, os caminhos de Israel são iluminados pela mensagem eterna: "a luz espiritual de Israel nunca será apagada".


Tu Bishvat

31 de Janeiro de 2018
31 de Janeiro de 2018

Trabalho é permitido

Tu b'Shvat, o 15o dia do mês hebraico de Shvat, 30 de janeiro de 2010, é o ano novo das árvores. Como ensina o Talmud, é um dos quatro Rosh Hashanás - inícios de ano existentes no decorrer de um ano judaico. O conceito de haver mais de um ano novo não deveria intrigar-nos; pois, no calendário secular, o ano fiscal e o ano escolar não se iniciam em 1º de janeiro, como o ano novo.


Purim

28 de Fevereiro de 2018
1 de Fevereiro de 2018

Trabalho é permitido

Purim, a festa mais alegre do calendário judaico, comemora a vitória do Povo Judeu sobre nosso maior inimigo, Amalek – símbolo do mal no mundo – que foi personificado por Haman, responsável por arquitetar um plano de genocídio contra os judeus da antiga Pérsia.


Pessach

30 de Março de 2018
7 de Março de 2018

Trabalho não é permitido nos primeiros e últimos dois dias de Pessach.

Seder de Pessach celebra o nascimento de nosso povo enquanto nação. No Egito, éramos uma família – filhos de Avraham, Itzhak e Yaakov. Quando nos postamos no Monte Sinai, 50 dias após o Êxodo, tornamo-nos uma nação singular – um povo escolhido por D’us. 

Judeus não podem comer ou possuir chametz durante Pessach.