Morashá

PROFETAS E SÁBIOS


RABI SHABETTAI BEN MEIR HACOHEN

RABI SHABETTAI BEN MEIR HACOHEN

“Sinceramente, eu trabalhei e me esforcei muito. Não me ocupei com mais nada e fiquei sem dormir, num estado de torpor por muitos anos, até cumprir o meu objetivo”.

Edição 36 - Março de 2002

O PROFETA ELIAHU

No final de cada Yom Kipur, nas sinagogas ao redor do mundo, sete vezes os fiéis repetem “O Eterno é D’us!” (Hashem Hu Haelokim). São as mesmas palavras usadas no Monte Carmel por Israel, após ter testemunhado o profeta Elias trazer fogo do céu para derrotar os sacerdotes da idolatria.

Edição 34 - Setembro de 2001

RABI ABOAB DA FONSECA

RABI ABOAB DA FONSECA

Quando Pernambuco e outras capitanias do Norte estiveram sob o domínio da Holanda, período compreendido entre 1630 e 1654, milhares de judeus sefaradim e alguns ashquenazim, originários da Península Ibérica e do Norte da Europa, para lá se transferiram com as suas famílias.

Edição 34 - Setembro de 2001

RABI MENACHEM MENDEL SCHNEERSON

RABI MENACHEM MENDEL SCHNEERSON

O Rebbe, como passou a ser conhecido pelo mundo afora, assumiu a liderança do movimento Lubavitch, que quase havia sido destruído pelos nazistas, e, com seu carisma e perseverança, reconstruiu-o e transformou-o no maior e mais dinâmico movimento do judaísmo chassídico ortodoxo.

Edição 31 - Dezembro de 2000

RABI BACHYA JOSEPH IBN PAQUDA

RABI BACHYA JOSEPH IBN PAQUDA

Rabi Bachya Bar Joseph Ibn Paquda, autor da famosa obra Deveres do Coração, Chovot Halevavot, foi um dos mais conhecidos filósofos religiosos da Espanha andaluza. Para ele, o judaísmo baseava-se em uma verdade espiritual fundamentada na razão tanto quanto na revelação e tradição.

Edição 30 - Setembro de 2000

NACHMÂNIDES

NACHMÂNIDES

No século XIII, surgiu no firmamento judaico da Espanha uma nova estrela que brilhou com poderosa luz. Um dos principais autores da literatura talmúdica da Idade Média, cabalista, filósofo e escritor renomado. Mais conhecido por seus comentários místicos do Pentateuco, destacou-se no campo da lei rabínica além de ser um poeta litúrgico de grande expressão.

Edição 28 - Abril de 2000