Morashá

Curiosidades


A girafa é um animal que apresenta características que, de acordo com a Torá, fazem dela um animal casher: ela tem casco fendido e rumina. Mas não é uma tradição judaica comer esse belo animal, pois as girafas são raramente encontradas fora da África e ninguém sabe como fazer o abate casher delas.


Golda Meir foi a primeira e única mulher a ocupar o maior cargo político do Estado de Israel. Antes de se eleger primeira-ministra, ela foi a embaixadora na União Soviética, ministra do Trabalho e ministra das Relações Exteriores do Estado Judeu.


Dia 29 de Tamuz, é a data de aniversário de falecimento de Rashi, o comentarista clássico da Torá. Rashi, cujo nome foi Rabi Shlomo Yitshaki, nasceu em Troyes, na França, em 1040 EC, e faleceu em 1105 EC (ano 4865 do calendário judaico). Os comentários de Rashi sobre a Torá são universalmente aceitos e estudados. Seria muito difícil entender o Talmud se Rashi não houvesse esclarecido e elucidado seus ensinamentos mais complexos.


Durante a Era Medieval, relativamente poucos judeus viviam na Rússia. Mas quando a Rússia expandiu para o sul e para oeste, durante os séculos 16-18, o país conquistou regiões onde viviam muitos judeus. Mais de um milhão de judeus passaram a viver sob o reinado da Rússia.


Moisés tinha 120 anos quando deixou este mundo. Este tempo de vida é considerado o ideal. Na tradição judaica uma forma de abençoar uma pessoa é dizendo: "Que você possa viver até os 120 anos".


Rabi Akiva, o maior sábio do Talmud, só começou a estudar a Torá aos 40 anos de idade. Ele cresceu como um pastor ignorante e analfabeto. Rabi Akiva começou a estudar Torá para poder se casar com Raquel, filha de Kalba Savua. Posteriormente, Rabi Akiva se tornou o maior rabino da história judaica.


Em 1664, a Grã-Bretanha tomou posse de New Amsterdam (Nova Amsterdã), mudando o nome desta para New York (Nova Iorque). Sob domínio inglês, os judeus de Nova Iorque receberam mais direitos civis. Em 1706, já haviam criado uma comunidade judaica, chamada de Shearit Israel.


Dia 17 de Tamuz: um dia de jejum no calendário judaico que marca o início do período das Três Semanas de luto.