Morashá

HOLOCAUSTO


A missão de um judeu em Nuremberg

A missão de um judeu em Nuremberg

Em junho de 1945, um mês depois do fim da Segunda Guerra Mundial, o soldado raso americano Richard Sonnenfeldt, de 22 anos, prestava serviço na Áustria, engajado no Sétimo Batalhão do Exército Aliado. Certa manhã foi convocado por um tenente que lhe disse: "Apronte-se, praça, o general quer Falar consigo". A partir daquele momento, o jovem combatente judeu, nascido na Alemanha, saiu do anonimato para ter seu nome inscrito na história como o principal intérprete do tribunal de Nuremberg.

Edição 91 - Abril de 2016

Música em Dachau

Música em Dachau

A música nos campos de concentração nazistas sempre ocupou uma posição ambivalente, ora servindo como estratégia legítima de sobrevivência para as vítimas através do desvio da atenção da desgraçada situação em que se encontravam, ora sendo utilizada pelos perpetradores como uma tentativa perversa de as rebaixar e degradar.  em Dachau, para onde centenas de milhares de judeus foram deportados, essa situação não foi diferente.

Edição 90 - Dezembro de 2015

Uma Heroína para a História

Uma Heroína para a História

A judia Marthe Cohn cresceu em Metz, na Alsácia-Lorena, uma região por muitos séculos disputada entre a França e a Alemanha. Educada num lar ortodoxo, Marthe jamais imaginou que, com pouco mais de vinte anos de idade, agiria como espiã, infiltrada nas tropas nazistas. É extraordinária a história da sua sobrevivência e coragem.

Edição 90 - Dezembro de 2015

A Viagem dos Condenados

A Viagem dos Condenados

No dia 30 de janeiro de 1933, Franklin Delano Roosevelt completou 51 anos de idade. Em menos de um mês seria eleito presidente dos Estados Unidos. No mesmo dia, Adolf Hitler tornou-se o chanceler da Alemanha. Seis anos mais tarde, no oceano que separava estes dois homens, navegou um navio chamado St. Louis, abarrotado por refugiados.

Edição 89 - Setembro de 2015

Je suis survivant

Je suis survivant

Em 27 de janeiro de 1945, o I Exército Ucraniano Soviético chegou à cidade polonesa de Oswiecim, forçando os nazistas a recuarem cada vez mais em direção à Alemanha. Aqueles soldados já tinham presenciado e, até mesmo participado, das piores barbáries e violências durante quatro anos de guerra. No entanto, homens rudes, acostumados a carnificinas, choraram ao chegar em Oswiecim.

Edição 87 - Março de 2015

Inferno em Sobibor

Inferno em Sobibor

Há mais de 40 anos fui procurado na redação da revista Manchete por um judeu baixinho, careca, bigode fino, um tanto nervoso. Chamava-se Stanislaw Szmajzner, vindo de Goiás onde era fazendeiro. Trazia um calhamaço de papéis, o manuscrito de um livro que acabara de escrever. Queria saber se a Editora Bloch poderia editá-lo.

Edição 87 - Março de 2015