Morashá

ARTE E CULTURA


A hora e a vez dos Super-heróis

A hora e a vez dos Super-heróis

- É um pássaro? Não... É um avião? Não... É o Super-Homem. Este slogan faz parte da memória coletiva das várias gerações que cresceram lendo histórias em quadrinhos e se imaginando no mundo fantasioso dos super-heróis, que povoavam e coloriam as bancas de revistas, desde a década de 1930.

Edição 52 - Abril de 2006

A genialidade de Berliner

A genialidade de Berliner

Músicos e cantores têm uma dívida com Emile Berliner, judeu alemão inventor do microfone, gramofone e disco plano. Vejamos a história de um homem que democratizou a música, tornando-a acessível a todos.

Edição 51 - Dezembro de 2005

Broadway... ou ninho cultural judaico?

Broadway... ou ninho cultural judaico?

Se tivéssemos que escolher um epicentro da cultura judaica americana, apontaríamos para os palcos da Broadway. Não resta dúvida de que a criação e a evolução dos musicais estão intrinsecamente ligadas a centenas senão milhares de judeus talentosos.

Edição 51 - Dezembro de 2005

A indústria cinematográfica e a Shoá

A indústria cinematográfica e a Shoá

O Instituto Morashá de Cultura promoveu em 15 de agosto último a exibição do premiado documentário dirigido por Daniel Anker: Testemunha Imaginária, Hollywood e o Holocausto.

Edição 50 - Setembro de 2005

Enrico Macias

Enrico Macias

Ícone da música árabe-andaluz, Enrico Macias se tornou porta-voz de todo um povo, desarraigado da África do Norte durante a década de 1960. As melodias entoadas, há tantos anos, por este judeu argelino, atualmente radicado em Paris, são prova de que o artista construiu uma carreira internacional de sucesso, sem, no entanto, abandonar suas raízes.

Edição 49 - Junho de 2005

A MECENAS DA ARTE MODERNA

A MECENAS DA ARTE MODERNA

Peggy Guggenheim foi uma das mais importantes mecenas e colecionadoras de arte do século XX. O nome Guggenheim é sinônimo de arte em todo o mundo.

Edição 47 - Dezembro de 2004